Arquivos do Blog

Área Social vai muito bem, obrigado!

Por Filipe Matoso

Em sua propaganda exibida hoje, 28/10, o candidato do PSDB, José Serra, propôs aos eleitores que fizessem comparações entre os modelos de Governo. Bem, atendendo ao pedido do tucano, faremos algumas no lado Social do país, entre 1994 e 2010.

Faltam apenas dois meses para o encerramento do Governo Lula e os números atingidos pela atual gestão são muito bons. Não dá para achar que já está tudo perfeito, pois o Brasil tem 510 anos de história e passou a maior parte desse tempo com a Política estagnada.

Lula Leia o resto deste post

Campanha de Weslian Roriz segue baixando o nível

Por Filipe Matoso

Primeiro foi o vídeo do padre José Augusto, depois a propaganda de um jovem petista e agora o testemunho de Michael Vieira. A campanha da candidata do PSC ao governo do Distrito Federal demonstra desespero na reta final.

As propagandas de Weslian Roriz têm confirmado o que se esperava dela: nada! A campanha da candidata do PSC trouxe um vídeo do padre José Augusto, exibido anteriormente na TV Canção Nova (veja o vídeo no post Questões religiosas dão o tom a campanhas políticas). Nas imagens, o padre diz: “pode me matar, pode me prender e pode fazer o que quiser comigo”. Ou seja, o nível começa a cair.

Posteriormente é exibido na campanha o vídeo de um suposto jovem petista. Nas imagens, ele se diz indignado com o partido, desacreditado com o PT e eleitor de Weslian Roriz. Após as exibições, foi descoberta a farsa. Portanto, o nível desce mais um pouco.

Nesta última semana, Weslian Roriz trouxe em sua propaganda o vídeo de Michael Vieira. No depoimento, Michael diz que sacou R$ 150 mil para entregar a Agnelo Queiroz (PT). O personagem chora durante a “confissão” e explica que o dinheiro era para desviar recursos do programa Segundo Tempo, do Ministério dos Esportes, à época em que Agnelo comandava o ministério. Leia o resto deste post

Questões religiosas dão o tom a campanhas políticas

Assuntos como Aborto e Casamento Homossexual estão no foco das discussões políticas. Campanhas tratam dos temas como se fossem relevantes, quando, na verdade, não são.

Há algumas semanas, Aborto e Casamento Homossexual viraram destaque tanto na imprensa quanto nas campanhas. Vê-se nas propagandas eleitorais para presidente e governador estas questões o tempo inteiro.

A candidata do PSC ao governo do Distrito Federal, Weslian Roriz, mostra em sua propaganda o vídeo do padre José Augusto. As imagens podem ser vistas na TV católica Canção Nova. No VT, aparece a seguinte frase: “Se o PT ganhar, pode me matar, pode me prender e pode fazer o que quiser comigo”.

Padre José Augusto

Sinceramente, qual a necessidade de um padre falar dessa forma em uma missa? Será que é verdade que poderemos matá-lo ou prendê-lo caso o Agnelo (PT) vença? É claro que não!

Não vejo necessidade alguma tanto em o padre dizer o que disse, quanto na campanha da Weslian Roriz aparecer um vídeo deste nível. Leia o resto deste post

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.