GDF suspende obras de ciclovias na EPTG

Por Filipe Matoso, para o portal Na Prática

Secretaria de Transportes diz que liberação só sai depois da avaliação de técnicos

A construção de ciclovias na Estrada Parque Taguatinga Guará (EPTG) está prevista desde 2007, mas o projeto está parado. Com isso, ciclistas e carros dividem o mesmo espaço e o risco de acidentes aumenta. Diariamente, milhares de veículos passam na via que liga as cidades de Ceilândia, Taguatinga, Águas Claras, Guará e outras mais ao Plano Piloto.

O Governo do Distrito Federal (GDF) anunciou em setembro de 2007 o acordo para o empréstimo de US$ 161 milhões feito no Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O objetivo do governo foi promover o projeto Brasília Integrada e, dentro do plano, criar o Programa de Transporte Urbano (PTU). Na iniciativa, estão previstas as obras de ampliação do metrô para a Asa Norte, construção do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) e construção de ciclovias na EPTG.

De acordo com o BID, o empréstimo feito em janeiro de 2008 determina que o GDF conclua o processo de licitação em 2010, o que não aconteceu. Além disso, 30 km de ciclovias devem ser construídos em 2011 e o governo tem até 30 de janeiro de 2013 para entregar o PTU finalizado.

Contradição. Segundo a Secretaria de Transportes, o processo está parado, pois técnicos da atual gestão avaliam o programa e só devem liberar as obras depois de aprová-lo. Já o Departamento de Estradas e Rodagens (DER-DF), por meio da assessoria de imprensa, informou que as ciclovias na EPTG ainda não foram construídas, pois o processo ainda está na fase de licitação. O empréstimo foi feito durante o Governo Arruda e hoje o DF é governado por Agnelo Queiroz.

Na época, a quantia de US$ 161 milhões representou R$ 307,5 milhões aos cofres públicos do DF. No entanto, o BID ainda não liberou o volume total. O GDF já conseguiu 75% do valor pedido (R$ 231 milhões). Segundo o banco, o valor não pode ser utilizado para outros fins que não estejam especificados no contrato assinado em 2007. Caso o PTU não fique pronto até janeiro de 2013, o GDF tem de devolver para o BID o dinheiro não gasto. Para quitar a dívida, o governo tem até 30 de janeiro de 2028.

No site oficial do DER, o órgão informa que 12 km de ciclovias estão em execução na EPTG. Entretanto, a equipe do portal Na Prática (NP) percorreu a estrada de Brasília a Taguatinga nos dois sentidos e não encontrou sinal de obras. Não há sinalização ou pistas construídas. A assessoria do DER informou que o órgão aguarda a autorização do GDF para começar as obras, pois ainda não há um cronograma definido para 2011.

Segundo o presidente da ONG Rodas da Paz, Ronaldo Alves, a organização defende a construção imediata de ciclovias em todo o DF. Ronaldo informou que participou de uma reunião com o DER e tratou da construção de ciclovias na EPTG, em função da morte de um ciclista na via. O presidente da ONG disse também que o departamento lhe garantiu que as obras de construção de ciclovias no local já estão programadas para começar.

Ronaldo encaminhou à equipe do NP um documento em que o Ministério Público do Distrito Federal (MPDFT) solicitou no dia 22 de março a construção imediata de ciclovias ao GDF, reivindicadas pela ONG Rodas da Paz.

Se pudermos fazer um “resumão”, veremos o seguinte: BID, Secretaria de Transportes e DER não se entendem. As explicações sobre a atual situação das ciclovias na EPTG se divergem e, enquanto isso, os ciclistas aguardam alguma providência ser tomada. Além disso, se você prestar atenção perceberá que o DER se contradiz ao passar informações para o NP e para a ONG Rodas da Paz. Com isso, as justificativas se acumulam e as informações parecem distorcidas.


About these ads

Publicado em 03/03/2011, em Política e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

  1. Daniel Barros

    Eita Salvadore ein. Po Filipe, com todos os blocos e festas acontecendo, você ainda está trabalhando? Vai pra Praia ou! hahahahaa
    Mas agora falando sério. O transporte público da capital do país, é um dos piores que já vi. Aqui não existe alternativas como trens e metrôs eficientes e a situação dos ônibus é de dar vergonha. Por as coisas serem bem próximas em Brasília, são muitos os que usam a bicicleta como meio de transporte. Com o trânsito inflando cada vez mais, os perigos para pedestres e ciclitas crescem na mesma proporção, já que cada vez mais, espaços destinados à esses, estão sendo reduzidos.
    Se o governo investir realmente em transportes alternativos, dois grandes problemas serão resolvidos. Primeiro o da segurança e direito de deslocamento daqueles que não possuem um carro próprio. Outro problema será o de engarrafamentos e lotação de veículos nas vias.
    Enquanto isso, fico esperando o metrô aqui na Asa Norte, que por sinal, está três anos atrasado.

  2. Ahh, o que mais nos falta hoje são ciclovias em todo Distrito Federal, eu costumo pedalar 3x por semana, já morei em taquatinga, no lago sul e agora estou no sudoeste, nesse tempo todo já quase fui atropela 2 vezes. O GDF precisa fazer isso pela população brasiliense, é mais qualidade de vida…agora estou esperando sair a quadra 500 aqui do sudoeste, e junto uma ciclovia bacana com o sudoeste, crezeiro e octogonal…é mais qualidade de vida né? E a população tem que cobrar.

  3. Ciclovias são extremamente necessárias para o DF como um todo. Uma excelente iniciativa e alternativa é apoiar a construção da quadra 500 no Sudoeste em Brasília com tal quadra, receberemos vários benefícios.

  4. Alberto da Silva mendes

    Concordo com o Caio, Ciclovias são importantes mesmo. Em vez de aumentar o governo que é impedir as boas iniciativas. É o caso da quadra 500 aqui do Sudoeste, moro aqui já a algum tempo e acho esse projeto show de bola. Pena que esse pessoal do meio ambiente não se toca.

  5. é preciso que o GDF promova e até mesmo apoie esse presente para Brasília, a quadra 500 é especial para todos.

  6. Carlos costa

    Infelizmente o GDF é incapaz de apoiar coisas boas para a cidade, mas as ruins sempre estão ai em alta.
    Até hoje o processo da quadra 500 anda parado. Vergonha.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: